Dirigentes estaduais do PL anunciam carta branca para filiar Bolsonaro

Depois de reunião realizada nesta quarta-feira (17) na sede do partido, em Brasília, os dirigentes do Partido Liberal (PL) informaam que Valdemar Costa Neto terá “carta branca” para negociar a filiação do presidente Jair Bolsonaro. O presidente tem exigido fidelidade nos Estados para fechar um acordo e se filiar. O assunto dividiu o partido nas últimas semanas, especialmente em Estados do Nordeste, em que havia um potencial de alianças com partidos de esquerda em 2022. A informação é do jornal O Globo.

O senador Wellington Fagundes (MT) disse que “dificilmente” haverá coligação com adversários, mas que isso só será decidido de fato após Bolsonaro assinar a filiação. Segundo ele, pode haver um debate em casos específicos.”A decisão é que onde o presidente Bolsonaro tiver a necessidade de um apoio do PL de forma direta, ou mesmo que seja uma coligação, de forma indireta, ele terá”,  afirmou.

Fagundes disse ainda que a reunião serviu para conversar sobre todo o Brasil. “Todos os Estados brasileiros foram analisados e chegamos a um consenso de que o presidente Valdemar tem toda a autorização do partido para conduzir todos os entendimentos com o presidente Bolsonaro. De parte do PL, está tudo harmonizado e queremos receber o presidente Bolsonaro o mais rápido possível, até para que cada um possa organizar as campanhas nos Estados”, afirmou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

%d blogueiros gostam disto: