Deputado quer cota única de tributos para baixar tarifas de pedágio

O deputado federal Paulo Eduardo Martins (PL-PR), apresentou na Câmara dos Deputados um projeto de lei que busca diminuir o preço do pedágio para os usuários. O PL 1712/2022 pretende alterar a legislação atual e criar uma cota única de tributos às concessionárias. Dessa forma, as operadoras podem diminuir os seus custos e cobrar um valor mais acessível a quem precisa circular pelas rodovias pedagiadas.

De acordo com o texto do projeto, a concessionária poderia optar em fazer o pagamento unificado de tributos equivalentes a 4% da receita mensal, medida por meio do contrato de concessão. Os impostos incluídos seriam o IRPJ (Imposto sobre a Renda das Pessoas Jurídicas), PIS/ PASEP(Programas de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor) , CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido)  e Cofins (- Contribuição para Financiamento da Seguridade Social).

Para o deputado, que é pré-candidato ao Senado Federal, é preciso derrubar os entraves que atrapalham a logística e o desenvolvimento da infraestrutura do país. “É urgente debater políticas de incentivos fiscais para garantir dinamismo à nossa economia. As rodovias pedagiadas são a nossa realidade. Mas, precisamos dar às concessionárias condições de oferecer um bom serviço, com um preço justo ao usuário”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

%d blogueiros gostam disto: