Delegados repudiam suspensão das provas do concurso da Polícia Civil do Paraná

O Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado do Paraná (Sindepol) emitiu nesse domingo (21) nota de repúdio contra a suspensão unilateral das provas do concurso da Polícia Civil do Estado. As provas,que seriam realizadas neste domingo, foram suspensas pelo Núcleo de Concursos da Universidade Federal do Paraná (NC-UFPR).  Segue a nota:

“O Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado do Paraná vem, por meio desta nota, manifestar votos de repúdio em razão da inadmissível suspensão unilateral das provas para ingresso nas carreiras de Delegado de Polícia, Investigador de Polícia e Papiloscopista de Polícia promovida pela Universidade Federal do Paraná (NC-UFPR), horas antes da realização da prova, surpreendendo e causando prejuízo os mais de 100.000 (cem mil) inscritos. O impensável ato da organizadora do concurso frustrou ainda a expectativa de todos os Policiais Civis do Estado do Paraná, que em razão do absurdo déficit de profissionais aguardam ansiosamente a reposição do efetivo, vez que estes vem convivendo, a anos, com extrema sobrecarga de trabalho, havendo risco concreto de que, caso não promovida as reposições de servidores, mais de duzentas Delegacias de Polícia sejam fechadas até o final de 2021, desguarnecendo diversos municípios e prejudicando a segurança pública da população paranaense, conforme já denunciado por esta entidade. Servimo-nos da presente nota ainda para cobrar publicamente explicações da UFPR sobre o motivo da suspensão do concurso, bem como ao Governo do Estado do Paraná para que da forma mais célere possível adote todos os procedimentos necessários para realização do concurso, inclusive através de outra banca examinadora, visando não colapsar o sistema de segurança pública. A diretoria”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

%d blogueiros gostam disto: