Decisões judiciais beneficiam coligação de Christiane Yared

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

A semana começou com vitórias judiciais da coligação Curitiba Cidadã (PL-PROS), que tem Christiane Yared e Jilcy Rink candidatas a prefeita e vice. São duas decisões da Justiça Eleitoral que beneficiam a coligação. Uma delas estabelece multa e manda destruir material de campanha da coligação Gente em Primeiro Lugar que estava sendo distribuído em um restaurante nas Mercês. Outra, reconhece a legitimidade da utilização de wind banners pela coligação Curitiba Cidadã.

A ação judicial que terminou em multa de R$ 2 mil à coligação Gente em Primeiro Lugar foi movida pela coligação Curitiba Cidadã. A Justiça reconheceu a ilegalidade da distribuição de ‘santinhos’ em um restaurante de propriedade de candidato a vereador Fábio Aguayo.

O questionamento da legalidade de wind banners foi feito pelo candidato a prefeito do Partido Novo, João Guilherme de Oliveira Moraes. Nesse caso, a Justiça reconheceu que o uso desse tipo de propaganda não viola a legislação eleitoral e pode continuar a ser usado pela coligação Curitiba Cidadã. Nova fase – Christiane Yared iniciou nesta segunda-feira (26) uma nova fase da campanha eleitoral para prefeita de Curitiba, mais próxima fisicamente dos eleitores. Pela manhã, a candidata percorreu um trecho da avenida Winston Churchil, no Pinheirinho, conversando com as pessoas e pedindo o voto delas no dia 15 de novembro. À tarde, Chris caminhou por ruas da CIC e interagiu com eleitores. “A aceitação das pessoas foi excelente. Muita gente puxando conversa e dando seu apoio ao nosso projeto”, disse Chris após a caminhada no Pinheirinho.

A caminhada matinal teve a participação de candidatos a vereador da coligação Curitiba Cidadã (PL-PROS). No final do percurso, Christiane gravou mensagens de apoio a eles. Na quarta-feira (28), está prevista mais uma caminhada de Christiane Yared pelas ruas de Curitiba, dessa vez no bairro Boqueirão, a partir das 10h.

O Pinheirinho tem perfil econômico em que predominam comércio (38%) e serviços (30%). Demandas levantadas em reuniões do PL Mulher ao longo dos últimos dois anos apontam a necessidade de adequar o quadro de profissionais nas Unidades Básicas de Saúde da regional, desenvolver ações de combate e prevenção ao uso de drogas, aumentar o efetivo da Guarda Municipal e ampliar os serviços de atendimento em domicílio para pessoas idosas e com deficiência.

Deixe uma resposta