Dallagnol vai responder por críticas ao presidente do STF

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

Uma reclamação disciplinar para apurar a conduta do coordenador da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, procurador federal Deltan Dallagnol, foi aberta nesta quarta-feira (22) pelo corregedor nacional do Ministério Público, Rinaldo Reis Lima. O caso se refere às críticas feitas pelo procurador à decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, que suspendeu nessa terça-feira (21) uma operação de busca e apreensão no gabinete do senador José Serra (PSDB-SP). A informação é do jornal O Estado de S. Paulo.

Em sua conta pessoal no Twitter, Dallagnol observou que a decisão de Toffoli é “muito equivocada” e a considerou uma “solução casuísta que está equivocada juridicamente”. “Se a moda pega, o mesmo argumento de Toffoli poderia ser utilizado contra buscas e apreensões em quaisquer lugares, pelo risco de prejuízo à atividade empresarial, judicial, advocatícia, ministerial etc., dignas de igual proteção, o que inviabilizaria a apuração de crimes”, escreveu o procurador.

Procurado pela reportagem do jornal, o procurador informou “está à disposição para prestar esclarecimentos sobre as postagens, assim como tem prestado esclarecimentos constantes à imprensa e às Corregedorias quando solicitado”.

 

2 comentários em “Dallagnol vai responder por críticas ao presidente do STF”

  1. stf da mesada, stf 2 pesos 2 medidas, stf desigual, stf órgão político, stf de advogados reprovados em concursos públicos, stf da lagosta, stf de 2 mil assessores, … stf, kkk

Deixe uma resposta