CPI da JMK se reúne e elege cúpula

Depois de muita confusão em torno da disputa pelo comando da CPI da JMK, deputados membros da comissão chegaram a um acordo e votaram, por unanimidade, os nomes do Soldado Fruet como presidente e Delegado Jacovós como relator. O deputado Tião Medeiros foi escolhido como vice.

Antes do acordo, o tucano Michel Caputo afirmava ter feito acordo com o governo para que fosse ele o relator da CPI. A reação de Jacovós e reuniões de bastidores acabaram confirmando o nome deste para a estratégica posição.

Já foi definido também o nome do primeiro depoente, a ser convocado para a sessão marcada para a próxima terça-feira: será o delegado Alan Flore, que chefia a Operação Peça Chave e que afirma ter encontrado desvio de R$ 125 milhões no sistema de manutenção da frota oficial administrada pela JMK. Fontes do próprio governo, no entanto, dizem que a conta está exagerada.

2 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns ao Soldado Fruet, um Deputado que orgulha a farda que ajudou a lhe dar o mandato. Com o Delegado Jacovós na relatoria esperamos que o trabalho ande bem e que se há corrupção que os corruptos e corruptores sejam punidos. Se há esse desvio, como afirma o Delegado que investiga o fato, jamais seria realizado sem a participação de gente graúda dos governos anteriores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

%d blogueiros gostam disto: