CPI da Covid vai apresentar no dia 26 pedido de impeachment de Bolsonaro

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
A CPI da Covid, do Senado Federal, vai apresentar um pedido de impeachment de Jair Bolsonaro por crime de responsabilidade. A denúncia será formalizada no dia 26 de outubro ao presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL).

No dia 19, o relator da comissão, senador Renan Calheiros (MDB-AL), pretende entregar seu relatório final. A expectativa é que o presidente da República seja denunciado por crime contra a saúde pública e prevaricação.

Nessa quarta-feira (6), Renan Calheiros reforçou, em entrevista coletiva, que Bolsonaro com certeza será indiciado.“Pode ser? Com certeza [Bolsonaro] será [indiciado]. Nós não vamos falar grosso na investigação e miar no relatório.”

Além de entregar um pedido de impeachment, a CPI vai pedir o indiciamento do presidente à Procuradoria-Geral da República. O texto será entregue a Augusto Aras em ato agendado para 21 de outubro. Cinco dias depois, o parecer de Renan será encaminhado à Procuradoria da República do Distrito Federal, com pedido de indiciamento de autoridades sem foro, como o ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello.

Ainda no calendário de eventos pós-CPI, anunciado há pouco pelo vice-presidente do colegiado Randolfe Rodrigues (Rede-AP), estão previstos atos em 27 e 28 de outubro para entrega do parecer à representantes da procuradoria-geral de Justiça do Estado de São Paulo e outras unidades do Ministério Público Federal. (De O Antagonista).

Deixe uma resposta