Copel retira 450 kg de fiação ociosa em postes do centro histórico

Uma força-tarefa da Companhia Paranaense de Energia (Copel) retirou 1.850 metros de cabos – o equivalente a 450 quilos -, da Rua Kellers, no Centro Histórico de Curitiba, no primeiro dia da operação de organização de fios e cabos aéreos instalados nos postes da cidade. Iniciado na segunda-feira (15), trabalho conta com o apoio da Prefeitura, por intermédio das secretarias municipais de Obras Públicas (Smop), do Urbanismo (SMU) e de Defesa Social e Trânsito (SMDT), e continua nesta terça-feira (16), na Avenida Jaime Reis.

De acordo com a Copel, na Rua Kellers foram identificadas irregularidades como cabos clandestinos, baixos, desativados ou rompidos. Além de causar poluição visual, o uso irregular dos postes da Copel também coloca em risco os cidadãos.

A intervenção dá andamento a uma parceria, firmada pelo prefeito Rafael Greca junto à diretoria da Copel, em agosto do ano passado, com vistas à segurança da população e à melhoria da paisagem urbana.

As intervenções fazem parte da primeira etapa de um plano de ação de organização do cabeamento aéreo e de retirada de fios irregulares em 14 endereços, entre os que já têm infraestrutura de cabeamento subterrâneo existente e os que integram os projetos Rosto da Cidade e Caminhar Melhor, em andamento pela Prefeitura.

Requalificação do espaço urbano

Nesta primeira fase de retirada dos fios ociosos, como parte do cronograma de requalificação do espaço urbano dos projetos Caminhar Melhor e Rosto da Cidade, estão a Rua Kellers, entre a Doutor Muricy e Martim Afonso, e a Avenida Jaime Reis nos trechos entre as ruas Desembargador Ermelino de Leão e Doutor Muricy e no entorno da Praça João Cândido.

Nas próximas fases, com calendário ainda a ser definido pela Copel, entrarão as ruas Cândido Lopes e Carlos de Carvalho, no trecho entre a Praça Tiradentes e a Visconde de Nácar; a Rua Riachuelo, desde a Praça Generoso Marques até a 19 de Dezembro; a Alameda Prudente de Moraes, entre a Fernando Moreira e a Carlos de Carvalho; as ruas Sete de Setembro, Francisco Torres, Doutor Faivre, General Carneiro, da Paz, Visconde de Guarapuava e Presidente Affonso Camargo, no entorno do Mercado Municipal; a Voluntários da Pátria, entre a Praça Osório e a Saldanha Marinho; a Trajano Reis, desde a Praça do Gaúcho à Praça Garibaldi; a Saldanha Marinho em dois trechos: da José Bonifácio até a Visconde de Nácar e da Fernando Moreira à Fernando Simas; a Emiliano Perneta, desde a Praça Zacarias até a Desembargador Motta; a Rua João Negrão, desde a XV de Novembro até a André de Barros; a Rua Barão do Serro Azul e a Avenida Cândido de Abreu, desde a Travessa Nestor de Castro até o MON; a Rua Paula Gomes, desde a Trajano Reis até a Riachuelo, e a Marechal Deodoro, desde a Mariano Torres até a João Negrão. (SMCS; foto: Valdenir Daniel Cavalheiro).

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

%d blogueiros gostam disto: