Sergio Moro já pode advogar

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

O ex-juiz federal e ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro  agora é advogado inscrito na seccional paranaense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PR) ) e pode exercer a profissão.

Moro passou pela quarentena imposta pela Comissão de Ética da Presidência, após deixar o governo, em abril deste ano.

Segundo informações da colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, advogados do Grupo Prerrogativa haviam anunciado que iriam entrar com recurso para impugnar a inscrição na OAB do ex-juiz da Lava Jato em Curitiba. O grupo argumenta que Moro teria desrespeitado prerrogativas de advogados, de forma sistemática, durante a condução das sentenças dadas na operação Lava Jato. Segundo a colunista, o ex-ministro classificou  o movimento contra ele de “revanchismo”. Moro recebeu a inscrição número 105.239, que foi concedida nessa terça-feira (15).

De acordo com a OAB-PR, Sergio Moro já havia obtido uma primeira inscrição em 1995 e o que aconteceu agora foi a reativação do registro. Naquela época não era exigido o Exame da Ordem, bastando a comprovação de estágio, o que ele fez dois anos antes.

 

 

 

 

1 comentário em “Sergio Moro já pode advogar”

  1. Sócio do Luiz Abi

    AGORA: investigação sobre o Erlon Tomasi que não consegue explicar o negócio de Osasco, isso parou né? O MPF parece ser leniente com o Nestorzão e com o genro Erlon!!!!!

    O MP-PR então… Esse tá dominado pelo Nestorzao!!!!!!!!

    CADE O DINHEIRO DA COPEL ERLON TOMASI?????

    PERDA TOTAL EM R$ 300 MILHÕES APLICADO EM OSASCO?

    Contrate Sérgio Moro!!!!!

Deixe uma resposta