Candidatos participam de debate público na Boca Maldita

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

A Boca Maldita, tradicional reduto da política curitibana, foi palco no fim da manhã desta quinta-feira (5) da terceira edição do debate público promovido pelos candidatos a prefeito de Curitiba. Novamente, o atual prefeito Rafael Greca (DEM) não compareceu evitando discutir propostas para a cidade com os demais candidatos.

Sete candidatos de oposição à prefeitura de Curitiba participaram do terceiro debate no centro de Curitiba. Paulo Opuszka (PT), João Arruda (MDB), Professora Samara (PSTU), Eloy Casagrande (Rede), Camila Lanes (PC do B), Professor Mocellin (PV) e Fernando Francischini (PSL) se reuniram na Boca Maldita, e partiram dali em carreata pela rua XV de Novembro até a praça Santos Andrade, em frente ao prédio histórico da Universidade Federal do Paraná (UFPR), onde um palco foi montado para o evento.

A 10 dias do primeiro turno da eleição municipal, o atual prefeito evitou todos os debates. “Com a ausência de debates nos meios de comunicação esta aqui é uma forma de todos apresentarem suas propostas para Curitiba. Mas o atual prefeito não quer dar satisfação de nada para ninguém. Não é adepto ao diálogo. Bem diferente de todos nós aqui”, disse o candido do PSL, deputado estadual Fernando Francischini.

“Deixo um agradecimento especial pela convivência pacífica que tivemos, demos exemplo aqui em Curitiba para o Brasil inteiro. Os partidos pensando diferente, os candidatos pensando diferente mas, entre nós, fizemos debates em praça pública sem um ato de hostilidade”, completou o candidato do PSL.

Depois do discurso, Francischini participou de uma caminhada com apoiadores da campanha saindo da Boca Maldita até a Praça Santos Andrade.

Deixe uma resposta