Bolsonaro: “Se ficar em lockdown 30 dias e acabar com o vírus, eu topo”

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na tarde desta segunda-feira (22, em solenidade no Palácio do Planalto, que apoiaria um lockdown nacional se tivesse certeza de que a medida seria decisiva para acabar com a pandemia do novo coronavírus.

“Se ficar em lockdown 30 dias e acabar com o vírus, eu topo. Mas eu sei que isso não vai acabar (com o vírus). Pesquisas sérias nos Estados Unidos mostram que a maior parte da população contraiu o vírus em casa”, disse Bolsonaro, durante o ato de assinatura do decreto que regulamenta o novo Fundeb e da sanção do projeto de lei que concede direitos previdenciários ao portador de visão monocular.

Ele ainda complementou: “Eu devo mudar meu discurso? Eu devo me tornar mais maleável? Eu devo ceder? Fazer igual à grande maioria? Se me convencerem do contrário, eu faço. Mas não me convenceram ainda”.

Ele ainda alegou que a sociedade deve “lutar contra o vírus e não contra o presidente. (De O Antagonista).

Deixe uma resposta