Bolsonaro pede que Pazuello não seja punido

O presidente Jair Bolsonaro disse ao comandante do Exército, general Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, que não quer ver o ex-ministro Eduardo Pazuello punido por ter participado de um ato político ao seu lado do no Rio de Janeiro, segundo informação publicada pelo jornal Folha de S. Paulo.

“A sinalização foi dada ao comandante durante a viagem de ambos a São Gabriel da Cachoeira (AM), onde Bolsonaro foi inaugurar uma ponte de menos de 20 metros e fazer uma visita de dois dias a partir de quinta (27).”

No domingo passado, Pazuello participou de uma manifestação bolsonarista e subiu ao palanque para dar apoio ao presidente, desrespeitando o Regulamento Disciplinar do Exército.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

%d blogueiros gostam disto: