O perfil oficial do direitista Movimento Brasil Livre (MBL) – que apoiou a eleição de Bolsonaro – publicou no Twitter na tarde desta quarta-feira (15) uma sequência de posts sobre as manifestações contra os “cortes na educação” em São Paulo e outras capitais brasileiras.

“Tem ‘Lula livre’ e partidarismo no meio? Óbvio. Mas essa turma não enchia o quarteirão do Masp há anos. A pauta do corte pegou gente fora da bolha da esquerda e isso não é bom para o governo”, diz o perfil do movimento nos posts.

“Pra completar, o presidente chama todos de ‘idiotas’. Vi nas redes sociais ‘idiotas’ que eram antipetistas. Jogar essa turma no colo da esquerda é um presente que Bolsonaro dá hoje”, diz um dos posts.