12 de janeiro de 1984. Exatamente há 33 anos Curitiba era sede do primeiro comício das Diretas Já, movimento histórico que pretendia interromper as duas décadas em que a ditadura militar impedia a escolha dos presidentes da República pelo voto popular direto.

Entre 30 e 60 mil pessoas acorreram à Boca Maldita para ouvir a pregação dos grandes líderes do movimento, dentre os quais o presidente do PMDB nacional, deputado Ulysses Guimarães, os governadores Tancredo Neves, Franco Montoro e José Richa, o senador Alvaro Dias e o deputado Dante de Oliveira, autor da emenda constitucional que devolveria a eleição direta.

Comícios idênticos se repetiram daí em diante em todas as capitais e grandes cidades brasileiras, mas a emenda não foi aprovada pelo Congresso.

De novo, a eleição seria decidida pelo voto apenas de deputados e senadores em novembro de 1984. Eram candidatos Tancredo Neves e Paulo Maluf. Ganhou Tancredo, que, doente, não chegou a tomar posse em 15 de março de 1985. Com sua morte em 21 de abril seguinte, assumiu a presidência definitivamente o vice José Sarney.

Este vídeo, guardado no acervo do jornalista José Wille, do Portal História Brasileira, retrata a euforia. É uma reportagem feita pelo repórter Narciso Assunção (já falecido) para a TV Bandeirantes, Canal 2. Ele retrata o início de uma etapa da história brasileira cujos efeitos são sentidos até hoje.