Jeitoso condenado a indenizar Fruet

O ex-prefeito Gustavo Fruet será indenizado em R$ 20 mil (com juros e correção) pelo “bruxo” Chick Jeitoso, codinome do sr. Luiz Antonio Ferreira Pereira. A juíza Vanessa Jamus Marchi, da 9.ª Vara Cível de Curitiba, concordou que Fruet foi vítima de “ofensas pessoais perpetradas em textos que tiveram ampla repercussão, ressoando na sua vida pessoal e política, e que, justamente por tal razão, extrapolaram a esfera do mero dissabor.”

Jeitoso, que no ano passado esteve preso sob acusação de que vinha achacando empresários, pretendia ser nomeado para um cargo na prefeitura de Curitiba quando Gustavo assumiu em 2013. Como não foi atendido, passou a proferir críticas e ofensas nas redes sociais, conforme consta do processo que Fruet moveu contra ele. O reu “descambou para ofensas pessoais acintosas, descabidas, constantes e desarrazoadas”, queixou-se o ex-prefeito, acrescentando que houve “inequívoca violação moral nos xingamentos e acusações irreais, com dezenas de ofensas praticadas por meio do facebook”.

Depois de ler textos de Chick Jeitoso postados na internet, a juíza entendeu que, de fato, “o réu extrapolou o seu direito à liberdade de expressão e informação, atingindo a honra e imagem do autor, configurando o ato ilícito, ensejador do dever de indenizar”.

Além da indenização, a juíza ainda condenou o réu a pagar todas as custas processuais e honorários advocatícios.

2017-08-11T08:52:03+00:00 10 agosto - 2017 - 17:59|Política|0 Comentários

Deixe uma resposta