Início Eleições Três candidatas a prefeita de Curitiba revelam propostas em sabatina da OAB

Três candidatas a prefeita de Curitiba revelam propostas em sabatina da OAB

Com a apresentação de Carol Arns (Podemos), Christiane Yared (PL) e Letícia Lanz (PSOL), a OAB Paraná encerrou nessa terça-feira (10) a série de sabatinas com os candidatos à prefeitura de Curitiba. O debate foi aberto pelo presidente da OAB Paraná, Cássio Telles, que agradeceu a presença das três concorrentes e a disposição de responder às perguntas selecionadas pela advocacia.

Cássio Telles lembrou que a proposta das sabatinas está alinhada à missão institucional da OAB de promover o voto consciente e defender eleições limpas. “Estamos dando oportunidade para que a população possa conhecer melhor as ideias e os planos de gestão que os candidatos têm a oferecer. O voto consciente requer uma análise do currículo do candidato, sua vida pregressa e as propostas que apresenta”, afirmou Telles. “O debate – destacou – é um ato de cidadania e de valorização do voto do eleitor, que tem o mesmo peso, independentemente de classe social, raça ou gênero.”
Emprego e rendaNa apresentação inicial, Carol Arns explicou que sua gestão terá como foco a geração de emprego e renda. “A primeira medida é estabelecer um novo jeito de se relacionar com as pessoas. Precisamos de uma articulação inteligente, que priorize menos a fiscalização e mais a geração de novos postos de trabalho”, disse. A candidata respondeu a questionamentos sobre seus projetos para melhoria da segurança pública, para a urbanização e regularização fundiária, redução de litígios e licenciamento ambiental.

Economia do cuidado – Letícia Lanz, a primeira candidata transgênero, conta que aceitou o convite do seu partido para concorrer ao cargo de prefeita de Curitiba, porque “o momento difícil da história requer pessoas com muita experiência, vivência e paciência para encontrar os caminhos da pós-modernidade”. “Minha proposta está baseada na economia do cuidado, uma filosofia que elege em primeiro lugar o bem-estar da população. Resgatar a economia do cuidado é resgatar o trabalho”, afirmou. Letícia Lanz foi questionada sobre combate ao analfabetismo, atendimento às crianças de rua, projetos para profissionais autônomos e, em especial, para a advocacia, e sobre sua posição a respeito do atual sistema de concessão do transporte público.

Cidade inclusiva – Última participante da noite, Christiane Yared disse que as demandas que ouviu da população a impulsionaram a colocar o seu nome para concorrer ao cargo de prefeita. “Nosso plano de governo é algo muito plausível. Tem os pés no chão. Acreditamos numa cidade mais cidadã, pronta a ouvir as pessoas. A cidade do futuro é a cidade inclusiva”, destacou. A candidata do PL foi sabatinada sobre construção de novas creches, inclusão da comunidade LGBTI, regime previdenciário dos servidores, e seus programas para a área de cultura e lazer. (OAB-PR).

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile