Início Política Senadores do Podemos acionam PGR contra procurador do TCU

Senadores do Podemos acionam PGR contra procurador do TCU

Sete senadores do Podemos entraram com representação na Procuradoria-Geral da República contra o procurador do Tribunal de Contas da União (TCU) Lucas Furtado, por abuso de autoridade. Na última sexta-feira (4), o procurador desistiu de arquivar o processo sobre o contrato do ex-juiz e presidenciável Sergio Moro (Podemos) com a Alvarez & Marsal e resolveu pedir a indisponibilidade de bens do ex-juiz, acusando-o de sonegação.

“Trata-se de atitude gravíssima que afeta a honra e o próprio patrimônio moral e físico de pré-candidato à Presidência da República”, diz trecho da representação.

Para os senadores, “trata-se de providência escandalosamente inadequada para o caso, no qual, a propósito, falece completa e absoluta competência ao Tribunal de Contas da União e, neste tribunal, ao Representado”.

“O procurador chega mesmo a dizer que os recibos mostrados naquela ocasião por Sergio Moro não comprovam a inexistência de outros pagamentos. Ora, se não comprovam a inexistência (o que é coisa impossível!), muito menos provam ou indicam a existência.”

Assinam a representação os senadores Alvaro Dias, Eduardo Girão, Flávio Arns, Jorge Kajuru, Styvenson Valentim, Oriovisto Guimarães e Lasier Martins.

Na última sexta-feira, Sergio Moro divulgou nota repudiando a perseguição empreendida por Furtado e disse que vai representá-lo por abuso de autoridade. (De O Antagonista).

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile