Início Brasil Salamuni quer voltar a ser vereador de Curitiba

Salamuni quer voltar a ser vereador de Curitiba

Ex-vereador e presidente da Câmara Municipal de Curitiba, o procurador municipal Paulo Salamuni pediu desincompatibilização do cargo para concorrer a uma cadeira na Câmara Municipal de Curitiba, nas eleições de 2020.

Vereador por sete mandatos, dos quais, nos anos de 2013 e 2014, ocupou o cargo de Presidente do Legislativo da capital, Salamuni deixou a Câmara em 2016 para disputar o cargo de vice-prefeito na chapa com Gustavo Fruet (PDT).

Em 2018, conquistou o cargo de primeiro suplente de Senador na chapa com Oriovisto Guimarães (Podemos), e agora pretende retornar ao legislativo municipal, mais uma vez pelo Partido Verde (PV).

Salamuni ocupou a presidência da Câmara num momento conturbado: ele foi eleito para o cargo logo após a gestão por 15 anos do ex-vereador João Cláudio Derosso, sob cuja administração surgiram pesadas denúncias de corrupção e que o levaram a renunciar em março de 2012.

Como presidente do legislativo municipal, Salamuni impôs drásticas medidas de moralização, como o corte de verbas publicitárias, exigência de ponto para servidores e supressão de mordomias para vereadores.

 

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile