Início Política Presidente do Senado deixará o DEM para se filiar ao PSD

Presidente do Senado deixará o DEM para se filiar ao PSD

O presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco, de Minas Gerais, comunicou ao presidente nacional dos Democratas (DEM), ACM Neto, que sairá do partido para se filiar ao Partido Social Democrático (PSD). O aviso foi dado durante um encontro entre os dois realizado em Brasília na noite dessa terça-feira (19).

De acordo com o jornalista Igor Gadelha, do Correio Braziliense, o senador Pacheco deve acertar nesta quarta-feira (20) os detalhes do ato de filiação ao novo partido em encontro com o presidente do PSD, Gilberto Kassab, A expectativa é que o ato de filiação ocorra na próxima semana.

A entrada do presidente do Senado ao PSD já vinha sendo discutida nos bastidores e publicamente desde o primeiro semestre de 2021. A articulação é para que o senador seja candidato à Presidência da República pela sigla nas eleições de 2022.

No União Brasil, nome do novo partido resultado da fusão do DEM com o PSL, Pacheco teria concorrentes internos na disputa para o Palácio do Planalto. Entre eles, o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta e o apresentador de televisão Jose Luiz Datena.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile