Início Brasil Polícia Civil do DF vai investigar ameaças de Sérgio Reis

Polícia Civil do DF vai investigar ameaças de Sérgio Reis

O cantor e ex-deputado federal  Sérgio Reis será investigado pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) depois de espalhar um áudio fazendo ameaças de invadir o Congresso Nacional e bloquear rodovias para buscar depor os 11 ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Reis poderá ser enquadrado em associação criminosa voltada à prática dos crimes previstos nos artigos 129 (ofender a integridade corporal ou a saúde de outrem), 147 (ameaçar alguém, por palavra, escrita ou gesto), 163 (dano ao patrimônio) e 262 (expor a perigo meio de transporte público, impedir-lhe ou dificultar-lhe o funcionamento) do Código Penal.

A mulher de Sergio Reis, Ângela Bavini, disse ao jornal Folha de S. Paulo que fala dele foi mal interpretada, embora ele a tenha repetido também em vídeo que circulou nas redes sociais. “Vou dizer ao presidente do Senado que eles têm 72 horas para aprovar o voto impresso e tirar todos os ministros do STF. Isso não é um pedido, é uma ordem”, disse o empresário.

Segundo Bavini, “Sérgio foi induzido por pessoas que dizem estar em um movimento tranquilo. No fim, todo mundo vaza, e sobra para ele, que é uma celebridade”. Sobre o áudio, ela disse que Reis falou no impulso, mas estava conversando com um amigo”.

Sérgio Reis será intimado a depor nos próximos dias. (De O Antagonista).

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile