Início Brasil “Pazuello mentiu 14 vezes. É a negação do negacionismo”, diz Renan

“Pazuello mentiu 14 vezes. É a negação do negacionismo”, diz Renan

O relator da CPI da Covid, senador Renan Calheiros (MDB-AL), afirmou na tarde desta quinta-feira (20)  que o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello mentiu em, pelo menos, 14 oportunidades durante dois dias de depoimento.

“Em 14 oportunidades, o depoente mentiu flagrantemente. Ousou negar suas próprias declarações. Essa é uma nova cepa: a negação do negacionismo. Negar tudo aquilo que está posto, que a sociedade conhece, acompanha e se indigna… não dá! Isso é tripudiar da CPI, imaginar que palavras são jogadas ao vento em qualquer lugar. Nós precisamos que se respeite a CPI”, disse Renan.

Para acabar com as mentiras na CPI, Renan propôs a contratação, pelo colegiado, de uma agência de checagem.

O relator concluiu:“Tivemos espetáculo nunca visto. Depoimento com omissões e contradições.” (De O Antagonista).

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile