Início Paraná Livro de professor da UFPR atualiza discussão sobre recursos aos tribunais superiores

Livro de professor da UFPR atualiza discussão sobre recursos aos tribunais superiores

 

Livro de professor da UFPR atualiza discussão sobre recursos aos tribunais superioresJá está à venda o livro “Recurso Especial e Recurso Extraordinário Criminais” (Editora Emais), do advogado e professor do Departamento de Penal e Processo Penal da Universidade Federal do Paraná ( UFPR), Francisco Monteiro Rocha Junior. Esta é a terceira edição da obra, que  foi completamente revisada e atualizada pelo autor, e é destinada a estudantes, profissionais, assessores e membros do Ministério Público e Poder Judiciário, bem como a todos que trabalham ou pesquisam sobre o tema dos recursos no processo penal.

“O livro esmiúça toda a discussão sobre recursos, abordando o prequestionamento, a comprovação da divergência jurisprudencial, o rito dentro do STJ e STF, o juízo de admissibilidade e todos os pontos que o julgador, o defensor e o representante do Ministério Público devem conhecer para julgar e manejar essas espécies recursais”, afirmou o autor, que também é coordenador do curso de pós-graduação em Direito Penal e Processo Penal da Academia Brasileira de Direito Constitucional – ABDConst.

Para além das duas instâncias ordinárias (1º e 2º graus de jurisdição), a justiça brasileira conta com duas instâncias de superiores, cujas missões são a supervisão da forma como a lei é aplicada pelos tribunais de justiça e federais (Superior Tribunal de Justiça) e a supervisão de como a Constituição é por estas Cortes locais aplicada (Supremo Tribunal Federal).

“Os números do trabalho realizado pelas Cortes Superiores para o cumprimento dessa tarefa são superlativos. Somente no ano de 2019, o STJ julgou mais de 214 mil Agravos em Recurso Especial e mais de 63 mil Recursos Especiais, ou seja, quase 300 mil recursos que tratam da forma como os tribunais aplicaram a lei”, destacou Francisco.

“O STF, no mesmo período, julgou mais de 55 mil Recursos Extraordinários com Agravo e quase quinze mil Recursos Extraordinários (os recursos destinados à análise de se a Constituição foi devidamente interpretada)”, completou.

Link: https://emaiseditora.com.br/livro/recurso-especial-e-recurso-extraordinario-criminais/

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile