Início Política Em seu primeiro ato, Lira desmonta bloco de Baleia e tira adversários...

Em seu primeiro ato, Lira desmonta bloco de Baleia e tira adversários da mesa

O novo presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), comunicou que irá desconsiderar a formação do bloco partidário que apoiou a candidatura do deputado Baleia Rossi (MDB-SP) para a votação dos demais cargos da Mesa Diretora da Câmara. A medida adia para esta terça-feira (2) a decisão sobre quem serão os três vice-presidentes e quatro secretários que estarão com Lira no comando da Casa para o próximo biênio.

Lira argumentou que a chapa organizada pelo deputado paulista foi registrada após o prazo regimental. O bloco era composto por PT, MDB, PSB, PSDB, PDT, Solidariedade, PCdoB, Cidadania, PV e Rede e teria sido aceito de maneira monocrática e irregular pelo então presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

No primeiro ato como presidente, Lira desmanchou o bloco por considerá-lo formado de maneira irregular. A partir disso, o presidente adiou para esta terça a decisão dos cargos: até as 11 horas, cada bloco – incluindo o seu, que ganhou a eleição – poderá escolher os cargos que deseja concorrer; até as 13 horas, serão registradas novas candidaturas. Às 16 horas, será realizada nova sessão para votar estes nomes.

A manobra de Arthur Lira tem influência direta na formação da Mesa diretora da Casa, que já estava muito próxima da definição.(Do Congresso em Foco).

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile