Início Política Ligação Paraná-Chile, o novo sonho antigo de Ratinho

Ligação Paraná-Chile, o novo sonho antigo de Ratinho

Ligação Paraná-Chile, o novo sonho antigo de RatinhoO governador eleito Ratinho Jr. se reúne nesta terça-feira (4), em Brasília, com o presidente Jair Bolsonaro para apresentar uma ideia que parece nova, mas não é: uma ligação direta entre o Porto de Paranaguá, no Paraná, com o Porto de Antofagasta, no Chile. “Pensar grande” é ótimo e esta, sem dúvida é uma grande ideia: a ligação seria um atalho importante para dar acesso ao Oceano Pacífico às regiões produtoras do Sul e Centro Oeste do país, caminho mais curto para chegar aos países importadores da Ásia.

Quando Ratinho Jr. tinha 9 anos de idade, em 1990, a ligação entre Paranaguá e Antofagasta era a principal proposta de um então candidato ao governo do estado, o falecido deputado José Carlos Martinez. Apesar das limitações técnicas dos programas de televisão na campanha eleitoral da época, Martinez apresentava gráficos e apontava dados que, no seu entendimento, comprovavam a viabilidade do empreendimento.

Martinez, que concorria pelo PRN no embalo da popularidade que seu amigo Fernando Collor desfrutava na Presidência da República (tinha sido eleito um ano antes, derrotando Lula), chegou como favorito ao segundo turno da eleição no Paraná, mas na reta final foi atropelado pelo “Ferreirinha” inventado por Roberto Requião, que o derrotou.

Desde então, muito pouco se falou do projeto Paranaguá-Antofagasta. A ideia ressurge agora, quase três décadas depois.

5 COMENTÁRIOS

  1. Pensar grande!!!
    Ahahahah
    Precisa ser bem mais, nan basta ser bonito!

    Porque não pensou grande na educação? Traz um educador de Oxford para replanejar a SEED … Bem mais bonito, grande e UTIL

    E procure uma nutricionista, o senhor está aparentemente precisado

  2. Carlos Roberto Massa Junior:
    Primeiro cuide das estradas chamadas de PR – Estaduais.
    Aí venha com esta conversa mole.
    Depois faça a estrada em Poliedro irregular ou Paralelepípedo (como a Graciosa que é uma PR) entre Cacatu (Antonina) a Guaraqueçaba, já que os ecologistas não irão permitir asfaltar a estrada que é ESTADUAL e faz parte da antiga BR 101.
    E se você quiser cuidar do berço de seu pai, dê uma olhadela na Rodovia do Milho e nas proximidades de Jandaia do Sul e vale do Ivaí.

    Início do Trecho Final do Trecho Extensão Situação

    https://pt.wikipedia.org/wiki/PR-405

    Guaraqueçaba Entroncamento de acesso a Morato 14,8 km
    Não pavimentado
    Entroncamento de acesso a Morato Entroncamento PR-404 (Serra Negra) 17,8 km
    Não pavimentado
    Entroncamento PR-404 (Serra Negra) Entroncamento PR-340 (Cacatu) 46,8 km
    Não pavimentado

    https://pt.wikipedia.org/wiki/PR-340

    Rodovia Deputado Miguel Bufara, no trecho entre o entroncamento com a PR-408 e o entroncamento com a PR-405, na localidade de Cacatu, de acordo com a Lei Estadual 7.198 de 13/09/1979.

    Entroncamento BR-101/PR-408 (Antonina) Entroncamento PR-405 (Cacatu) 16,6 km
    Pavimentado
    Entroncamento PR-405 (Cacatu) Cachoeira de Cima 10,1 km
    Pavimentado
    Cachoeira de Cima Começo do Pavimento 0,4 km
    Não pavimentado
    Começo do Pavimento
    Bairro Alto (Cachoeira de Cima) 0,9 km Pavimentado

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile