Início Política Guedes se desculpa por comparar  servidor público a “parasita”

Guedes se desculpa por comparar  servidor público a “parasita”

O ministro da Economia, Paulo Guedes, pediu desculpas nesta segunda-feira (10) aos servidores públicos brasileiros após declaração polêmica na última sexta feira (7) e afirmou que seu objetivo “jamais foi ofender as pessoas que cumprem seus deveres”.

“Me expressei mal e peço desculpas não só aos meus queridos familiares e amigos mas a todos os exemplares funcionários públicos a quem eu possa descuidadamente ter ofendido”, disse o ministro à Agência Reuters.

“O hospedeiro está morrendo, o cara virou um parasita, o dinheiro não chega no povo e ele quer aumento automático”, declarou o ministro em palestra na Escola Brasileira de Economia e Finanças da Fundação Getúlio Vargas (FGV EPGE) na última sexta-feira (7).

A fala do ministro repercutiu de forma negativa entre as entidades que representam servidores públicos.

A polêmica acontece em momento em que o governo finaliza projeto de reforma administrativa em que proporá mudanças nas regras de reajustes salariais e de promoções para novos servidores. Segundo Guedes o texto será enviado à Câmara nesta semana.

 

 

2 COMENTÁRIOS

  1. Sou servidor público e NÃO sou contra o que diz o Ministro Paulo Guedes. Sou contra todos que assumiram cargos no serviço público por concurso e foi a última coisa que fizeram em sua vida profissional.
    Sou contra os colegas que se escondem, depois do Estágio Probatório, atrás da Estabilidade para fazerem apenas o mínimo necessário para não ser notado pelo chefe.
    Sou contra os comissionados “amigos de alguém” serem considerados servidores público. Eles são, antes de tudo, servidores de quem deu o cargo. Para piorar assumem cargos de chefia sem entender nada e utilizam-se do conhecimento do funcionário estável que não recebe vantagens por isso.
    Sou contra o servidor que não aceita que quem produz e procura crescer profissionalmente tenha melhor salário. Cursos, certificados e diplomas devem valer alguma coisa.
    Sou contra servidores que reclamam do salário. Que comparem o que ganham com seus amigos na iniciativa privada.
    Em nenhum momento o Ministro disse que TODOS são vagabundos ou sanguessugas.

    E VIVA A MERITOCRACIA.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile