Governo do Paraná não seguirá novas diretrizes sobre serviços essenciais

O governo do Paraná não seguirá o decreto do presidente Jair Bolsonaro que incluiu as atividades de barbearias, salões de beleza e academias de esportes na lista de serviços essenciais. Em nota, a administração estadual disse nesta terça-feira (12) que a curva de contaminação do novo coronavírus segue crescendo e que especialistas vão avaliar a reabertura de atividades econômicas após ampliação de testes na população.

Já a Prefeitura de Curitiba também se manifestou sobre o assunto por meio de nota e disse que “todas as medidas de combate ao novo coronavírus são discutidas e avaliadas permanentemente”.

Sobre incluir novos setores como essenciais, a administração municipal também declarou que ainda vai avaliar. “Neste momento continuam sendo consideradas essenciais apenas as atividades listas no Decreto Municipal 470”, informou a prefeitura.

O decreto do governo federal foi publicado em uma edição extra do “Diário Oficial da União” no fim da tarde de segunda (11). Com essa inclusão, o número de atividades consideradas essenciais chegou a 57.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui