Início Paraná Governador comemora desempenho do Paraná nos Jogos da Juventude

Governador comemora desempenho do Paraná nos Jogos da Juventude

O Paraná teve a melhor participação nos Jogos da Juventude de toda a sua história neste mês de setembro. Foram 82 medalhas, sendo 37 de ouro, 18 de prata e 27 de bronze conquistadas na competição, que é Organizado pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) e reuniu atletas de 15 a 17 anos.

O Paraná se consolidou com o primeiro lugar geral no quadro de medalhas, superando os estados de São Paulo, Santa Catarina, Minas Gerais e outras delegações que são potências esportivas. O Estado alternou a posição no quadro geral de medalhas com São Paulo e conquistou o primeiro lugar na reta final.

Esse é o maior evento olímpico da categoria. Ele contou com a participação dos melhores atletas de todos os estados e do Distrito Federal. Os jogos aconteceram na cidade de Aracaju (SE), começaram dia 02 de setembro e se encerraram neste sábado (17).

Pela primeira vez, os Jogos da Juventude foram realizados no formato de seleções compostas por equipes finalistas da etapa estadual dos Jogos Escolares do Paraná.

“Foi um trabalho em equipe brilhante. Nós fizemos a seleção dos melhores atletas na etapa regional e eles representaram o Paraná com muito orgulho no Nordeste. Superamos outros estados com tradição esportiva e nos consolidamos como referência em qualidade técnica. Esse trabalho envolve centenas de diferentes treinadores e preparadores e conta com total apoio do Governo do Paraná”, afirmou o governador Ratinho Junior (PSD).

Foram 16 modalidades olímpicas disputadas por 4.180 atletas. A primeira medalha de ouro do Paraná veio com o atleta da natação, Cauê Gluck, que, em seguida, faturou sete medalhas, sendo três de ouro, duas de prata e duas de bronze. Também das piscinas veio a maior medalhista dos Jogos da Juventude, Ana Carolina Ghellere, com nove medalhas, sendo seis de ouro e três de bronze. A natação garantiu 24 medalhas no total.

As ginásticas artística e rítmica também se destacaram com diversas medalhas. Na ginástica artística, Josyane Calixto garantiu cinco medalhas de ouro e Laura Cecília Kheush uma de ouro. Já na ginástica rítmica, a campeã panamericana Maria Eduarda Alexandre garantiu três ouros, Isadora Carnielli de Oliveira conquistou uma medalha de ouro, uma de prata e uma bronze. Stefhany Beatriz Popoatzki trouxe ouro para o Paraná.

Na última etapa dos Jogos da Juventude, foi a vez do judô garantir nove medalhas para o Paraná, sendo três de ouro, duas de prata e quatro de bronze. Gustavo Milano, nos – 81kg; Alexandre Albano, com -90kg, e Emily Santos, com +70kg, faturaram o ouro. As pratas ficaram com Beatriz Nascimento, -52kg, e Nycolly Carneiro, -48kg. Os terceiros lugares ficaram com Sogia Fuchs, -44kg, Francisco Shier, -66kg, João Lira, -60kg, e Kauane Senger, -70kg.

As finais do basquete fecharam as disputas coletivas dos Jogos da Juventude 2022 e coroaram o Paraná como o grande campeão da modalidade. O Estado ficou com a medalha de ouro no masculino e no feminino.

Campeão

Essa foi a segunda grande conquista do esporte paranaense nos anos recentes. No ano passado, nos Jogos Escolares Brasileiros organizados pela Confederação Brasileira do Desporto Escolar, que aconteceram no Rio de Janeiro, o Paraná ficou em primeiro lugar no quadro total de medalhas da competição da garotada de 12 a 14 anos, com um total de 79 medalhas, sendo 22 de ouro, 27 de prata e 30 de bronze.

Juntando os resultados do Rio de Janeiro, em 2021, na categoria de 12 a 14 anos, e agora em Aracaju, de 15 a 17 anos, o Paraná se consolida como referência no esporte escolar brasileiro.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile