Início Brasil Foz vai se tornar hub mundial de turismo de saúde, com estrutura...

Foz vai se tornar hub mundial de turismo de saúde, com estrutura viabilizada pela Itaipu e HMCC

A partir de 2023, quando a pandemia de covid-19 estiver finalmente controlada, Foz do Iguaçu deverá contar com o Hub de Saúde das Américas – um espaço especializado e diversificado de serviços médicos, que terá como um dos focos as cirurgias de pequena e média complexidade, como as intervenções plásticas, dermatológicas, oftalmológicas e otorrinolaringológicas. Este nicho de mercado, para atender os chamados “turistas de saúde”, pode aumentar o tempo de permanência de visitantes do mundo todo na cidade em até 15 dias.

O espaço é produto de uma parceria entre o Hospital Ministro Costa Cavalcanti (HMCC), mantido pela margem brasileira da usina de Itaipu, com o Day Medical Center. Os recursos são da Itaipu e do HMCC. O Day Medical Center funcionará num prédio de dez pavimentos na Rua Benjamin Constant, nas imediações da sede da Prefeitura de Foz do Iguaçu. A construção já começou e a previsão de conclusão é junho de 2023. O centro oferecerá tratamento personalizado para pacientes particulares e conveniados.

No total, o espaço terá aproximadamente 26 mil metros quadrados e contará com uma filial do HMCC de quase 7 mil metros quadrados, que será voltada a atendimentos de pequena e média complexidade, com um conceito premium.

O Hub de Saúde das Américas deverá integrar um dos novos eixos do programa Acelera Foz, que é parte de um plano de retomada econômica de Foz do Iguaçu e tem a coordenação estratégica do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social de Foz do Iguaçu (Codefoz). Fazem parte do Acelera Foz a Itaipu Binacional, Parque Tecnológico Itaipu (PTI), Prefeitura de Foz, Sebrae, Programa Oeste em Desenvolvimento, Associação Comercial e Empresarial de Foz do Iguaçu (Acifi) e Conselho Municipal de Turismo (Comtur).

Padrão internacional  – Com quase 7 mil metros quadrados, a filial do HMCC no Day Medical Center será voltada a atendimentos de pequena e média complexidade. A unidade oferecerá um centro de diagnóstico por imagens, salas especiais destinadas a serviços de check-up executivo, centro de atenção à saúde da mulher, laboratório de análises clínicas e um Hospital Dia, com um centro cirúrgico para a realização de procedimentos de baixa e média complexidade, que permitem ao paciente ter alta no mesmo dia.

O centro cirúrgico contará com seis salas para cirurgias, 12 leitos de recuperação anestésica e oito suítes hospitalares. “É uma unidade pensada e formada em conceito de padrão internacional, consolidando a qualidade de prestação de serviços oferecidos pelo Hospital Ministro Costa Cavalcanti, com toda a segurança necessária para nossos pacientes”, explica o diretor-superintendente do HMCC, Fernando Cossa. Um dos diferenciais do Day Medical Center é que contará com a exclusividade de um jardim de cura, um dos primeiros do Paraná. (Da Itaipu Binacional).

 

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile