Início Paraná Deputado destaca apoio da Alep para crescimento do turismo religioso

Deputado destaca apoio da Alep para crescimento do turismo religioso

Ao participar da abertura do 4º Fórum Paranaense de Turismo Religioso – Paraná Religioso, Destino de Fé e Espiritualidade, na manhã desta quinta-feira (12), o presidente da Comissão de Turismo da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), deputado estadual Soldado Fruet (Pros), destacou o apoio da Casa de Leis para fomentar a expansão do segmento. “Entre 2011 e 2018, tivemos quatro leis aprovadas voltadas ao turismo religioso. Na atual legislatura, entre 2019 e julho de 2021, já são cinco projetos que se tornaram leis”, apontou. O Fórum, organizado pela Paraná Turismo, acontece de forma on-line até esta sexta-feira (13).

No último dia 28 de julho, o governador Ratinho Junior sancionou a lei 20.652/2021, proposta por Soldado Fruet, que inseriu no Roteiro Oficial de Turismo Religioso do Paraná o Santuário de Nossa Senhora Aparecida, em Itaipulândia, e incorporou ao Calendário Oficial de Eventos do Paraná a peregrinação de romeiros ao santuário, que acontece anualmente na semana do dia 12 de outubro. O parlamentar salientou que o local atrai milhares de fiéis à Região Oeste.

Emprego e renda – “O turismo religioso teve um crescimento exponencial nos últimos anos, sendo uma peça importante da estrutura do setor turístico como fonte de emprego e renda”, afirmou o presidente da Comissão de Turismo, ressaltando que “lamentavelmente, em 2020 e neste ano, sofremos muito com a pandemia, sendo o turismo o setor que, sem dúvida alguma, mais sofreu”. Mas ele comentou que “aos poucos, sentimos o retorno dos turistas ao nosso Estado e cada vez mais acredito que o próprio paranaense começará a explorar seu Estado e participar mais ativamente do turismo regional e, por consequência, conhecer os pontos de turismo religioso paranaenses”.

Na avaliação do deputado, “o número de projetos apresentados aumentou consideravelmente, o que demonstra que o paranaense está valorizando e prestigiando o turismo religioso”. Além disso, observou que “os prefeitos estão descobrindo que alocar recursos públicos no desenvolvimento do turismo não é despesa e, sim, um grande investimento que retorna rapidamente aos cofres públicos, graças aos impostos e empregos que gera”.

Potencial – De acordo com ele, “leis não garantem a atração de turistas, mas são importantes para que a comunidade local valorize o potencial turístico que possui e para que sintam a importância que esse potencial tem para a cidade, a ponto de uma atração municipal virar uma lei estadual”.

O deputado Soldado Fruet disse que a Comissão de Turismo está de portas abertas para receber ideias de projetos, planos de ação e encaminhamentos parlamentares que sejam importantes para ampliar e valorizar o turismo religioso no Estado.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile