Início Brasil Curitiba tem melhora no cenário e fica em bandeira laranja por mais...

Curitiba tem melhora no cenário e fica em bandeira laranja por mais uma semana

Curitiba continua em bandeira laranja pela terceira semana consecutiva. Nesta quarta-feira (23), foi publicado o Decreto Municipal 1.020/2021, que prorroga as medidas dos decretos 960/2021 e 990/2021 e também altera algumas modalidades, dias e horários de atendimento em serviços e atividades da cidade.

As medidas foram tomadas pelo Comitê de Técnica e Ética Médica da Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba em reunião na última terça-feira (22/6). O novo decreto já começou valer e terá vigência de sete dias, até 30 de junho.

Durante a reunião o Comitê analisou os dados epidemiológicos da semana (de 16 a 22 de junho) e a pontuação da bandeira ficou em 2,2, apresentando uma melhora do cenário com relação à semana anterior, quando a pontuação estava em 2,58.

“Estamos colhendo resultados de um trabalho conjunto, cumprindo e respeitando os protocolos. Agora o objetivo é alcançar a bandeira amarela e novamente é uma missão que depende de todos”, lembra a secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak.

Mais atividades – Com a melhora no cenário e o novo decreto, também poderão funcionar aos domingos as feiras de artesanatos, as floriculturas, os museus e circos, das 9h às 21h.

Para equiparação com os demais serviços essenciais do ramo alimentício, panificadoras, padarias e confeitarias de rua poderão realizar atendimento aos domingos até às 21h (antes era até as 18h).

“Com a pandemia estável podemos liberar as atividades aos poucos, um passo por vez, mas isso não significa vida normal, todas as recomendações e protocolos devem ser seguidos”, esclarece a secretária.

O funcionamento do transporte coletivo fica condicionado ao cumprimento de protocolo específico, conforme determinado pela Urbanização de Curitiba (Urbs)

Pandemia em estabilidade –  Os indicadores que apresentaram maior resultado de redução foram os de capacidade de resposta do sistema de saúde. A taxa de internamento em leitos clínicos caiu de 85% em 16 de junho para 77% nesta terça-feira. Já a taxa de ocupação de leitos de UTI SUS exclusivos para covid-19 passou de 102% para 93% no mesmo período.

A média de novos casos diagnosticados diariamente tem se mantido estável, com leve redução nos casos ativos, que passaram de 8.376 para 7.932 no período avaliado.

Já a taxa de transmissão do vírus – número de novos contaminados por cada pessoa na fase ativa da doença – registrou aumento de 0,77 para 0,85, embora esteja ainda abaixo de 1, condição que indica desaceleração da pandemia, porém mais lenta. (SMCS).

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile