Cerveja só

Aprovado por ampla maioria pela Assembleia, o projeto que permite a venda de cerveja nos estádios durante jogos de futebol continua engavetado no Palácio Iguaçu, para onde foi enviado para ser sancionado pelo governador. O governador não assina, não veta nem sai de cima há três semanas.

A razão para isso: a bancada evangélica, que não conseguiu barrar a aprovação na Assembleia, tem força suficiente para constranger Beto Richa a não sancionar. Por outro lado, se vetar, o governador desagrada justamente seus maiores aliados, o presidente da Casa, Ademar Traiano, e o líder do governo, Luiz Cláudio Romanelli, que batalharam muito pela aprovação da liberação da bebida nos estádios.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui