Início Brasil Associação Médica pede que uso de cloroquina contra covid-19 seja banido

Associação Médica pede que uso de cloroquina contra covid-19 seja banido

O Comitê Extraordinário de Monitoramento Covid-19 (CEM Covid) da Associação Médica Brasileira (AMB) publicou, nessa terça-feira (23), um boletim com uma série de recomendações de protocolos médicos a serem seguidos durante a pandemia.  O grupo é taxativo ao pedir que cloroquina e outros remédios do “kit-covid” defendido pelo presidente Jair Bolsonaro sejam banidos do tratamento.

“Infelizmente, medicações como hidroxicloroquina/cloroquina, ivermectina, nitazoxadina, azitromicina e colchina, entre outras drogas, não possuem eficácia científica comprovada de benefício no tratamento ou prevenção da covid-19, quer seja na prevenção, na fase inicial ou nas fases avançadas dessa doença, sendo que, portanto, a utilização desses fármacos deve ser banida”, diz trecho to texto.

No documento, os médicos pedem uma coordenação nacional no combate à pandemia e cobram ações do novo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

“Que seja um exemplo de independência na implantação de políticas/medidas consistentes e necessárias à resolubilidade e qualidade do sistema; de conduta ética, de compromisso com melhor medicina, e, acima de tudo, com a saúde de todos os cidadãos”, cobra o comitê ao ministro. O grupo alerta que somente no mês de março deste ano, o Brasil registrou 25% das mortes mundiais por covid-19, “segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), houve 60,2 mil óbitos, dos quais 15,6 mil em nosso país”, explica. (Do Congresso em Foco).

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile