Início Brasil Alexandre de Moraes manda Saúde divulgar dados completos da pandemia

Alexandre de Moraes manda Saúde divulgar dados completos da pandemia

O ministro Alexandre de Moraes (STF) determinou nesta segunda-feira (8) que o Ministério da Saúde retome a divulgação dos dados sobre a incidência do coronavírus no país com a mesma metodologia que vinha sendo adotada até semana passada, quando o governo passou a retardar a divulgação dos números, a diminuir a transparência e a tirar das estatísticas as mortes ocorridas em dias anteriores.

Moraes tomou a decisão liminar ao julgar ação apresentada pelos partidos Rede Sustentabilidade, PSOL e PCdoB, e também determinou que a Advocacia Geral da União (AGU) preste as informações “que entender necessárias” no prazo de 48 horas.

Antes, o Ministério da Saúde divulgava os dados totais de pessoas infectadas, mortes e curvas de infecção por região, por exemplo. Na semana passada, o governo mudou a forma. Decidiu excluir os dados totais e divulgar somente os dados referentes às últimas 24 horas.

Em sua decisão, o ministro Alexandre de Moraes mandou que o ministro da Saúde “mantenha, em sua integralidade, a divulgação diária dos dados epidemiológicos relativos à pandemia (Covid-19), inclusive no sítio do Ministério da Saúde e com os números acumulados de ocorrências, exatamente conforme realizado até o último dia 4 de junho”, escreveu Moraes na decisão.

Moraes ressaltou que a “gravidade” da pandemia exige que autoridades tomem todas as medidas possíveis de apoio e manutenção de atividades do SUS. “A gravidade da emergência causada pela pandemia do Covid-19 exige das autoridades brasileiras, em todos os níveis de governo, a efetivação concreta da proteção à saúde pública, com a adoção de todas as medidas possíveis para o apoio e manutenção das atividades do Sistema Único de Saúde”, escreveu.

Alexandre de Morares também ressaltou que a publicidade é a regra na administração pública, além de ser um dos “vetores imprescindíveis”.

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile