Início Brasil A economia circular

A economia circular

Por Walter Schmidt –  Não é modismo, mas sim um tema que veio para ficar e mudar muita coisa. O atual modelo econômico linear, caracterizado pela extração, produção, consumo e o desperdício, está perto do fim. O mundo – Brasil incluído – começa a perceber que é preciso adotar em larga escala um novo sistema, a economia circular. Ou seja: extração, produção, consumo e reutilização, recuperação e reciclagem de materiais e energia. É preciso reduzir urgentemente o acúmulo de lixo e o desperdício de material. É uma questão de sobrevivência do planeta e  de tudo o que o envolve.

O novo modelo se baseia em três princípios: eliminar resíduos e poluição desde o começo do processo, manter produtos e materiais em uso e regenerar sistemas naturais. Isso significa que a economia circular vai além do âmbito das ações de gestão de resíduos e de reciclagem. Ela busca uma ação mais ampla, ” desde o redesenho de processos, produtos e novos modelos de negócio até à otimização da utilização de recursos (“circulando” o mais eficientemente possível produtos, componentes e materiais nos ciclos técnicos e/ou biológicos)”, como sintetiza o portal eco.nomia, do Ministério do Ambiente de Portugal.

De acordo com o professor Christian Luiz da Silva, da Universidade Tecnológica Federal do Paraná(UTFPR),”a economia circular representa uma recente tentativa de integrar a atividade econômica associada ao uso de recursos ambientalmente responsável em um processo de desenvolvimento”.

Interessante observar que várias indústrias brasileiras e paranaenses já fazem economia circular, mas poucas sabem disso. Pesquisa da CNI mostra que 76,4% das fábricas adotam alguma prática de economia circular, mas 70% delas nunca tinha ouvida falar do tema.

É hora de pensar mais no futuro e de abandonar práticas que, até aqui, deram certo, mas que agora comprometem a vida do (e no) planeta

 

(Transcrito do Diário Indústria & Comércio, de Curitiba, de 3.3.2021).

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile