Início Brasil A cruz e a espada na crise dos caminhoneiros

A cruz e a espada na crise dos caminhoneiros

O ministro da Secretaria de Governo da Presidência da República, general Santos Cruz, admite em entrevista ao jornal O Globo que o governo está entre a cruz e a espada em relação à crise potencial representada pela insatisfação dos caminhoneiros –que pode desembocar em nova greve e paralisar a economia, como em 2018.

Santos Cruz caracteriza a cruz como a possibilidade de uma decisão política que acalme os caminhoneiros e desarme a bomba e a espada como os limites para evitar um intervencionismo estatal na economia.

“O resumo de tudo isso é matemático. Agora, as decisões também são políticas. E o governo fica sempre entre a decisão política e o limite econômico, está sempre entre a cruz e a espada”, disse o ministro, para quem o governo tem de entender os problemas do setor, mas os caminhoneiros também precisam compreender que estão inseridos num contexto geral da economia.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile