Um cavalo na cela

(por Ruth Bolognese) – A Polícia Militar do Sergipe, cidade de Nossa Senhora Aparecida, prendeu um cavalo e o manteve na cela durante o final de semana. Ele havia dado um coice num carro e foi preso em flagrante. O dono reclama de maus tratos porque o bicho ficou sem água e sem comida.

Eis aí uma situação com dois pesos e duas medidas. Ou dois presos e duas medidas: com a superlotação das celas em delegacias de todo o País, colocar um cavalo a mais é equivalente ao bode na sala.

Quando ele sair, qual preso terá coragem de reclamar?

Em compensação, em caso de delação premiada, o cavalo tem grandes vantagens: o relincho dele é verdadeiro e autêntico, só entrega seus iguais e, se bem amarrado, não vai conseguir dar coice em Juiz.
O único problema é quando for assinar o depoimento.

2017-11-14T17:03:12+00:00 14 novembro - 2017 - 10:15|Política|0 Comentários


Deixar Um Comentário

%d blogueiros gostam disto: