“Sou inocente”, repete Lula

“Por que eu iria envergonhar milhões de brasileiros, a quem reverencio todos os dias? Eu não estou acima da lei, mas o juiz também não está. Já provei a minha inocência, quero que provem que tenho R$ 1 que não é meu. Querem criminalizar a esquerda e o PT. Vou brigar para ser candidato em 2018 e vou mostrar que esse país vai voltar a sorrir, a ter a Petrobrás, a ter indústria naval”. Palavras de Lula, neste sábado (12), no Rio, ao participar de ato da Central Única dos Trabalhadores (CUT).

“Esse país voltou a ser o que sempre foi, e que mudou com a gente. Todo o objetivo dessa perseguição ao PT,  essa reforma da Previdência e trabalhista, tudo é para tentar destruir o que conquistamos há mais de 60 anos. Querem evitar que o Lula volte. Não têm competência para fazer o Brasil crescer, o que nós provamos que sabemos fazer. Tivemos a Previdência superavitária. A falta de dinheiro na Previdência é resultado da incompetência dessa gente que está hoje destruindo o País”, disse Lula. “Muitos coxinhas agora não estão batendo mais panelas, e sim batendo a cabeça, porque não sabem mais o que fazer.”

2017-08-12T22:29:23+00:00 13 agosto - 2017 - 08:50|Brasil, Paraná, Política|1 Comentário

Um Comentário

  1. DANIEL 13 de agosto de 2017 em 13:37- Responder

    O Lula deve estar sob efeito de algum alucinógeno, ao pronunciar que é inocento. Diria que se fizer uma enquete em algum presídio todos dirão a mesma coisa. Culpado somos nós de eleger a maioria dos políticos envolvidos em tramas de desvios.

Deixe uma resposta