Rossoni de novo na Fundepar

(por Ruth Bolognese) – Além de usar pijama para falar com seus eleitores na madrugada, o chefe da Casa Civil , Valdir Rossoni, é um homem ousado.

Rossoni é apontado pelo Ministério Público Estadual como envolvido na Operação Quadro Negro, aquela que indicou desvios da ordem de R$ 30 milhões destinados a reformas e construção de escolas e que, em parte, supostamente, abasteceram a campanha de reeleição de Beto Richa.

E agora surpreende: indicou para a presidência da Fundepar – Instituto Paranaense de Desenvolvimento Educacional – seu ex-subordinado na Assembleia e homem de confiança, Sérgio Brun.

2017-11-07T15:58:58+00:00 07 novembro - 2017 - 15:40|Política|1 Comentário


Um Comentário

  1. João Batista 7 de novembro de 2017 em 16:08 - Responder

    O Rossoni quer agora na Fundepar com o indicado dele, lançar outras licitações de escolas para a campanha dele de 2018.
    Seria hilário se não fosse trágico.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Contraponto. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Contraponto se reserva os direitos de não publicar e de eliminar comentários que não respeitem estes critérios.

Deixar Um Comentário

%d blogueiros gostam disto: