Mudança de sexo. O deputado tem interesse?

O deputado Gilson de Souza, da bancada evangélica na Assembleia Legislativa, apresentou pedido de informações dirigido ao secretário da Saúde, Michele Caputo, sobre a decisão do governo de pagar cirurgias de mudança de sexo.

Como não houve resposta com a urgência solicitada pelo parlamentar, colegas cochichavam durante a sessão se o requerimento representava interesse pessoal do deputado.

Apesar de ainda depender de habilitações do hospital de Clínicas para cirurgias de redesignação sexual financiadas pelo SUS, os procedimentos serão pagos pelo tesouro estadual. Já há mais de 200 inscritos na fila desta cirurgia.

“Nós abrimos nossas portas com o objetivo de melhorar as questões relacionadas à transexualidade, pois tudo que tem algum impacto na vida dos cidadãos paranaenses nós temos que resolver. Vamos aproveitar a disponibilidade de HC e não permitir que o conservadorismo atrapalhe o que diz respeito à saúde pública”, disse o secretário da Saúde, Michele Caputo.

A Prefeitura de Curitiba entrou também na parceria para agilizar para agilizar procedimentos como a mastectomia (retirada de mamas), plástica mamária (incluindo a colocação de próteses) e a histerectomia (retirada do útero). O pagamento administrativo será repassado pelo estado à prefeitura, que fará o repasse ao Hospital.

2017-11-08T08:15:14+00:00 07 novembro - 2017 - 16:13|Paraná, Política|0 Comentários


Deixar Um Comentário

%d blogueiros gostam disto: