Mais um projeto de deputado que não tem o que fazer

O deputado federal Heuler Cruvinel, do PSD de Goiás, apresentou um projeto para proibir o uso de celulares durante o expediente no trabalho. Estão fora da regra os casos em que o funcionário usa aparelho fornecido pelo empregador com fins específicos de trabalho.

“Na atual realidade a questão tempo e produção de excelência é o ponto alto nas relações profissionais do dia a dia, porém assistimos todos os dias a falta de atenção de funcionários em razão do uso privado do telefone celular”, diz um dos argumentos usados por Cruvinel.

O texto destaca que, no âmbito trabalhista, a proibição do uso de celulares já é algo possível e facultado ao empregador em decorrência do que chamam de Poder Diretivo do Empregador, podendo resultar em penalidades disciplinares.

Neste caso, se houver descumprimento da cláusula contratual ou norma interna da empresa a cerca do assunto, o projeto sugere que sejam aplicadas ao empregado penalidades disciplinares como advertências, suspensões, ou mesmo a justa causa quando a aplicação as penas mais leves não tiverem efeito.

2017-11-14T08:26:55+00:00 14 novembro - 2017 - 07:30|Brasil, Política|0 Comentários


Deixar Um Comentário

%d blogueiros gostam disto: