É pacabá!

(por Ruth Bolognese) – Então qualquer brasileiro pode ser flagrado, e gravado, ao pedir R$2 milhões para um açougueiro goiano riquíssimo e continuar Senador da República?

Não, não qualquer brasileiro. Precisa ter a tradição do sobrenome Neves, ser tucano , aliado de Michel Temer e 1/3 dos colegas enrolados com a Justiça.

No final das contas, tanto o Supremo Tribunal Federal, STF, como o Senado da República perderam estatura. Diante do país inteiro, as duas das três instituições mais importantes na democracia, ignoraram o princípio básico da Justiça, a imparcialidade.

A partir de agora, Michel Temer pode afagar o Thor e dormir susse.

2017-10-18T09:11:53+00:00 17 outubro - 2017 - 20:22|Política|1 Comentário


Um Comentário

  1. Eduardo Pereira 17 de outubro de 2017 em 21:15- Responder

    O Paraná pelo menos votou unido e contra esta palhaçada. .

Deixar Um Comentário

%d blogueiros gostam disto: