A cronologia da reforma

Marque na sua agenda a pauta da comissão que discute a reforma política:

Terça-feira, 15, retoma debate sobre a criação do fundo partidário (R$ 3,6 bilhões) e a criação do sistema de “distritão” para substituir o sistema proporcional;

Quinta-feira, 17, debate a proposta de emenda constitucional que institui a cláusula de barreira e o fim das coligações em eleições proporcionais.

Os partidos querem começar a votar em plenário toda a reforma política a partir dos dias 21 e 22.

O presidente do Senado, Eunício Oliveira, já chegou a acordo com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, para que até o fim do mês tudo esteja pronto para chegar ao Senado. A aprovação da matéria tem prazo fatal: fim de setembro, ou seja, um ano antes da eleição de 2018. Caso contrário, a eleições do ano que vem deverão seguir as mesmas regras atuais.

2017-08-13T11:46:29+00:00 13 agosto - 2017 - 13:00|Política|0 Comentários

Deixar Um Comentário

%d blogueiros gostam disto: