2010: Ratinho achava Osmar melhor que Beto

Nas eleições de 2010, disputavam o governo do Paraná o então senador Osmar Dias, pelo PDT, e o ex-prefeito de Curitiba Beto Richa, do PSDB. Formadas as coligações de cada candidato, o PSC se aliou ao PDT, tendo o líder do partido, deputado Ratinho Jr., percorrido o estado pedindo votos para Osmar e para Dilma Rousseff, candidata a presidente pelo PT, outro partido coligado. Ratinho subiu em palanques de Dilma, incluindo o grande e final realizado na Boca Maldita, em Curitiba.

Era normal, portanto, em 2010, que Ratinho Jr. gravasse vídeos em favor de Osmar – muito antes de imaginar que de aliados passariam a ser adversários. Ambos, agora, estão em campos opostos: Osmar continua no PDT e Ratinho foi para o PSD, partidos pelos quais se enfrentarão em 2018 como candidatos a governador.

Entre uma eleição e outra, Ratinho Jr. mudou de opinião: em 2010, achava que Osmar Dias era melhor candidato do que Beto Richa. Passado algum tempo, aliou-se a Beto e se tornou secretário estadual de Desenvolvimento Urbano, pasta que lhe foi dada para pavimentar a candidatura a governador e da qual se exonerou no mês passado para voltar à Assembleia Legislativa. Na Assembleia, seu comportamento tem sido estranho: todas as matérias polêmicas propostas pelo governador Beto Richa não têm recebido seu apoio – na hora da votação, desaparece do plenário.

 

 

 

2017-10-16T09:59:26+00:00 16 outubro - 2017 - 07:20|Do baú, Paraná, Política|1 Comentário


Um Comentário

  1. Márcio Hrenk 16 de outubro de 2017 em 12:19- Responder

Deixar Um Comentário

%d blogueiros gostam disto: