1991: nascia o Jardim Botânico

Em 1991, nascia o Jardim Botânico de Curitiba. Inspirado no Palácio de Cristal de Londres, foi implantado em poucos meses – desde o projeto e execução de toda a sua complexa estrutura de ferro e vidro que compõe a estufa, até o paisagismo.

Na época, as obras corriam rápido. Pouco antes, em apenas três meses, foi projetada, construída e inaugurada a Ópera de Arame. A Rua 24 Horas, em dois meses. A Universidade Livre do Meio Ambiente, o Bosque do Papa e outras intervenções urbanas que se tornaram ícones da cidade apareciam de repente, nas três gestões do prefeito Jaime Lerner.

Era um tempo em que não existia a Lei das Licitações, a Lei da Responsabilidade Fiscal, o Ministério Público era menos atuante, as organizações ambientais mal estavam se formando – amarras necessárias mas que, com o decorrer do tempo, foram tornando mais lentas as iniciativas públicas. Hoje, com toda a certeza, Lerner não conseguiria realizar as mesmas obras com tanta rapidez.

O vídeo com reportagens da TV Bandeirantes (guardados no acervo Portal da Memória) mostra dois momentos do Jardim Botânico: o primeiro, quando estava ainda em construção e, logo em seguida, a inauguração.

2017-09-28T15:00:16+00:00 25 setembro - 2017 - 06:30|Do baú, Paraná, Política|0 Comentários

Deixar Um Comentário

%d blogueiros gostam disto: